CARA Ano Zero, Cine-Teatro Constantino Nery, Matosinhos_Montagem

Cara

CARA é o nome do projeto que a Orquestra Jazz de Matosinhos desenvolve desde 2010 para a implantação de um Centro de Alto Rendimento Artístico em Matosinhos. Um centro de trabalho de elevada densidade com Criatividade & Tempo Real como principais fatores programáticos e de identidade. CARA é também o nome de um conjunto de ações de programação cultural multimodal e de uma rede de parceiros que sustente (e alimente) essa programação.

Desde 2010 que a Orquestra desenvolve um projeto para a implantação de um Centro de Alto Rendimento Artístico (CARA) em Matosinhos. Este espaço estará integrado na reabilitação do edifício da Real Vinícola, onde estará também a Casa da Arquitectura — um museu da arquitectura portuguesa no que será um quarteirão aberto à cidade; as obras estão a decorrer e terminarão ainda em 2016. Este centro, com uma implantação de cerca de 700 metros quadrados, permitirá a materialização de projetos em áreas complementares e o desenvolvimento de trabalho em rede com vários parceiros nacionais e internacionais. 

É missão do CARA promover o diálogo entre arte, ciência e tecnologia, designadamente através de projetos multidisciplinares que visem a investigação e desenvolvimento de soluções para a criação, fruição e disseminação de conteúdos criativos. O CARA será um espaço de trabalho de grande densidade com uma programação partilhada e assente numa rede de parceiros nacionais e internacionais.

Em 2013 a OJM executou um projeto apoiado pelo programa ON2 O Novo Norte para a criação de uma rede de parceria a envolver a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto / Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, a Casa da Música, o ZKM Karlsruhe e a WDR Colónia.